domingo, 6 de março de 2016

Máquina divina – Carneiro de Campos

Obra inimitável, estruturada com perfeição e superando quanto a imaginação possa conceber, o corpo físico é sublime instrumento para as superiores finalidades do processo da evolução espiritual.
Maquinaria complexa, constituída por trilhões de células em mecanismos especializados, recebe e emite impressões obedecendo a equipamentos eletrônicos de alta sofisticação, em conjuntos harmônicos e miniaturizados impossíveis de ser necessariamente explicados.
A estrutura óssea de alta resistência constitui as vigas mestras para equilibrar e defender os delicadíssimos instrumentos de precisão, encarregados de responder pela vida mental e pelo equilíbrio emocional, resguardando o sistema medular, as aparelhagens óptica, auditiva, olfativa e incumbida da gustação, bem como do ritmo dos movimentos e da inteireza do conjunto.
Capaz de resistir às pressões de várias atmosferas e suportar fardos superiores ao próprio peso, adaptando-se às mais variadas condições climatéricas e de salubridade, reflete a sabedoria do Pai Criador, que o construiu dentro das regras do amor, para a peregrinação terrena do espírito.
Não obstante, é frágil.
Com capacidade para ultrapassar um século de vida, faz-se breve.
Uma emoção violenta perturba-lhe o mecanismo de alta sensibilidade.
Um coágulo, na sua rede de vasos cerebrais, paralisa-lhe uma parte motora, interrompe as comunicações, deteriora-o; uma bolha de ar fá-lo inútil; um corte que não seja reparado pelos capilares com a rede de fibrina através de um coágulo tampão, condu-lo à morte.
Portador de autodefesas imprevisíveis degenera com facilidade, mudando a estrutura que se putrefaz em rápidos minutos.
Pode demorar-se em dilacerações contínuas e restabelecer-se inúmeras vezes. Apesar disso, uma disritmia cardíaca gera danos graves, e a desoxigenação cerebral de alguns minutos provoca-lhe sequelas irreparáveis.
Auto-reparador, elabora os elementos necessários para a sobrevivência mediante os ingredientes que recebe do mundo exterior.
Portador do mais perfeito sistema de circulação, o sangue percorre-lhe entre 150.000 a 180.000 quilômetros em um labirinto de vasos, veias, artérias que se intercomunicam, sendo uma das maravilhas que a mente humana jamais examinou.
Todavia, bloqueiam-se ou rompem-se as suas redes, periodicamente, sem que se destrua o sistema.
Um corpo humano constitui tesouro de valor inestimável para o ser espiritual.
Deste depende a elaboração daquele.
Da sua condução resultam as futuras formas e a harmonia do conjunto.
Do Espírito se originam os elementos que o formam, dando-lhe equilíbrio ou provocando-lhe desajustes nas diversas áreas da emoção, da psique, da fisiologia ou da anatomia. . .
Todo ele é um complexo eletrônico, num sistema de condensação molecular, sob a direção da consciência espiritual.
Automatismos notáveis presidem-lhe a existência, no entanto, sem a direção do Espírito desagrega-se e morre.
Merece respeito e conservação, atendimento e cuidados com os quais pode ser preservado para mais largo e salutar ministério.
Todo excesso e carga a que vai submetido diminui-lhe as resistências.
Exercícios físicos corretos dão-lhe vigor, embora os exercícios mentais e as ações morais ofereçam-lhe equilíbrio, sustentando-lhe as emoções, desejos e resistências.
A prece vitaliza-o e a aplicação das suas forças no campo da caridade — o mais expressivo exercício do cristão — favorecem-no com estabilidade e funcionamento correto.
Esta máquina divina de que o homem dispõe, na Terra, é oportunidade redentora que todos devemos aproveitar, na vivência do amor puro e na experiência do conhecimento, para lograrmos a perfeição, como “o Pai Celestial é perfeito”, conforme o conceito superior de Jesus.
         Livro: Terapêutica de Emergência.
         Espíritos Diversos / Divaldo Franco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita