sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Se, Porventura

Que objetivo persegues na Vida?
Que vitória pretendes alcançar?
A da posse efêmera, de que a morte, inevitavelmente, te despojará?
Em que concentras os teus esforços?
Na ilusória conquista de status, em que te satisfaças por tão pouco?
Afinal, com quem competes?
Com o teu vizinho, com o teu parente, com o teu amigo?
Nada das coisas que contigo reténs será teu para sempre.
Por mais faças, não evitarás o declínio de tuas forças físicas e de teus reflexos.
Com o que haverás de enfrentar a hora do crepúsculo em tua existência no corpo?
De que se repletam as tuas mãos? De ouro ou de bênçãos?...
Se, porventura, a morte hoje te convocasse, com o que haverias de partir, em demanda aos novos caminhos que te esperam nas sendas do infinito?...
Livro: Dias Melhores.
Irmão José / Carlos A. Baccelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita