sexta-feira, 8 de abril de 2016

A Árvore e os Frutos – Bezerra de Menezes.

Filhos, atentai para o que o Cristo vos disse, com relação às obras dos homens: "Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar bons frutos".
Assim como o fruto é o resultado final do esforço da árvore que o produziu, as boas ou as más obras representam a velada intenção de quem as concebeu.
Embora sem causar impressão positiva em quem as observe exteriormente, muitas árvores produzem excelentes frutos.
Para oferecer frutos opimos a quem os procure em seus galhos, a árvore superou-se, olvidando as dilacerações no tronco e as doenças que lhe acometeram as folhas.
Quantos são os homens cuja aparência não recomenda o caráter e que, no entanto, são capazes de largos gestos de solidariedade? Quantos os que contradizem positivamente, com as suas atitudes voltadas para o bem do próximo, as palavras que pronunciam em momentos de insensatez?
Os frutos nos trazem noticias profundas da árvore de que promanam...
Não vos inclineis, pois, a julgar a quem quer que seja pelas aparências, quando, em verdade, nem pêlos seus atos devereis fazê-lo.
O que conta é a ação, entretanto não vos descureis do que lhe antecede o surgimento. É evidente que da árvore de raízes robustas, tronco e galhos saudáveis, frutos saborosos pendem com maior espontaneidade...
Isto equivale a dizer que o desleixo moral, a pretexto do bem que já se consegue fazer, pode comprometer o homem em suas aspirações de ordem superior.
A conversação leviana acaba por viciar o espírito; a tentação que não se combate de maneira eficaz termina por se impor...
Filhos, disciplinai-vos, e a vossa produção nas boas obras, tanto do ponto de vista quantitativo quanto do qualitativo, surpreenderá as mais  otimistas expectativas.
Fazei agora o que esteja dentro de vossas diminutas possibilidades, ansiando sempre por mais e melhor.
Por vezes, quem se acomoda no bem que já consegue realizar é ultrapassado por aquele que, rompendo com as trevas de séculos, caminha com maior determinação e coragem na direção da Luz.
Livro: Coragem da Fé.
Bezerra de Menezes / Carlos A. Baccelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita