segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

LEI DO TRABALHO - EMMANUEL.

O verme aduba.
A terra acalenta.
O orvalho protege.
O vento renova.
A semente produz.
O arado sulca.
A enxada coopera.
O tronco ampara.
A flor alimenta.
A pedra segura.
A fonte enriquece.
O fio agasalha.
A agulha compõe.
O sinal informa.
A ponte reúne.
A pena grava.
O martelo afeiçoa.
O serrote corrige.
O teto recolhe.
A mesa atende.
O vaso auxilia.
A lâmpada clareia.
O leito socorre.
A própria chama condicionada é a bênção da lareira doméstica e a gota de veneno,controlada a rigor, é remédio que cura.
Repare, desse modo, a lei do trabalho e da disciplina, funcionando junto de ti, através de fatos e cousas, aparentemente sem importância.
Tudo age.
Tudo obedece.
Tudo evolui.
Tudo responde.
Tudo serve.
E, sabendo que cada criatura deve ser útil, conforme as faculdades de que disponha, observa o que fazes com o tesouro das horas, porquanto o tempo chamado “hoje”, é recurso em teu favor, na contabilidade da vida, marcando-te acerto de contas para amanhã.
         Livro: Ideal Espírita.

 Espíritos Diversos / Chico Xavier e Waldo Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita