sábado, 18 de julho de 2015

Consciência - Emmanuel

Na história de todos os povos, observar-se a tendência religiosa da Humanidade; é que, em toda personalidade existe uma  fagulha  divina  –  a  consciência,  que  estereotipa em cada espírito a grandeza e a sublimidade de sua origem; no embrião, a princípio rude nas suas menores manifestações, a consciência se vai despindo dos véus de imperfeição e bruteza  que  rodeiam,  debaixo  de  muitas  vidas  do  seu  ciclo  evolutivo,  em  diferentes círculos  de  existência,  até  que  atinja  a  plenitude  do  aperfeiçoamento  psíquico  e  o conhecimento  integral  do  seu  próprio  “eu”,  que,  então,  se  unirá  ao  centro  criador  do Universo,  no  qual  se  encontram  todas  as  causas  reunidas  e  de  onde  irradiará  o  seu poema eterno de sabedoria e amor.
É a consciência, centelha de luz divina, que faz nascer em cada individualidade a idéia da verdade, relativamente aos problemas espirituais, fazendo-lhe sentir a realidade positiva da vida imortal, atributo de todos os seres da criação.
Livro: Emmanuel
Emmanuel / Chico Xavier.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita