sábado, 24 de janeiro de 2015

AFASTAMENTO DOS MALES - Miramez

0532/LE
De certo modo, os protetores espirituais afastam das pessoas certos males que as fazem sofrer, mas tudo depende da própria pessoa, se se arrepende sinceramente de ter se desviado da lei. Os guias espirituais alegram-se quando seu protegido se esforça para melhorar, quando estuda, mas não fica somente nos estudos e procura praticar o que aprendeu nas lições.
Esse aprendiz tem sempre visível em seu caminho o seu anjo-guardião a lhe dizer, no silêncio, que a consciência registra: "Estou aqui, a paz seja convosco." O homem deve compreender que quase tudo depende dele mesmo, da melhoria que se processa no seu mundo interno.
Há males que se transformam em bem, como certos infortúnios e enfermidades prolongadas.
Se Deus permite que sofras, é com o objetivo de elevação espiritual, todavia, mesmo esses males, como o mundo os chama, podem ser atenuados ou banidos dos teus caminhos, dependendo do modo como recebes a dor, e das mudanças processadas no teu coração.
Também podes usar a inteligência para amenizar ou curar teus males físicos. Deus te dotou dela para o teu bem-estar, e para que ela possa acompanhar igualmente a evolução moral das criaturas. Afastar o mal, sem que esse mal entregue à criatura a mensagem de Deus, não está nas cogitações dos benfeitores espirituais.
Os males que estão nos decretos da Providência são mais difíceis de serem retirados, pois são produzidos por faltas graves no passado; no entanto, mesmo esses, a misericórdia divina pode abençoá-los e transformá-los em paz, dependendo da boa vontade do sofredor.
A Doutrina dos Espíritos veio socorrer a todas as criaturas da Terra, mostrando-lhes os caminhos que deverão seguir, na amplitude que a paz possa oferecer.
O mal será afastado da humanidade quando ela entender a mensagem de Jesus e passar a vivê-la.
Não precisas, por enquanto, querer conhecer tanta coisa, tantas filosofias espirituais; começa, em primeiro lugar, a educar os teus impulsos, as tuas paixões inferiores, que o campo será propício para todos os conhecimentos, por haver paz de consciência.
O mundo espiritual investe nos homens de boa vontade, avalisa-os nos grandes empenhos e os acompanha com todo fervor. Por que esses homens não agradecem, pelo esforço em direção ao aprimoramento, acertando as atitudes nos conceitos que o amor nos propõe? Afastar o mal, se ainda geramos mal, não está de acordo com a lei de justiça.
Iluminemo-nos por dentro que o amor se manifestará por fora, como claridade benfeitora. Modifica-te internamente que o mundo exterior se harmonizará.
Fica sabendo que de ti depende do teu bem estar, porque Deus já te deu todos os recursos para a melhora, para a tua felicidade.
Não sejas obstinado no mal, que ele somente gera sofrimentos.
Todo o sofrimento no mundo é por causa da ignorância da humanidade, e o cerco está se fechando em relação ao entendimento. As dores vão aumentar, cada vez mais, de maneira a te levar ao conhecimento e à prática do amor.
Se queres que os Espíritos guias afastem de ti os males, começa a afastar de ti mesmo os princípios que geram esse mal, que bem sabes quais são.
Livro: Filosofia Espírita – Volume XI
Miramez / João Nunes Maia.
Estudando O Livro dos Espíritos – Allan Kardec.
532. Têm os Espíritos o poder de afastar de certas pessoas os males e de favorecê-las com a prosperidade?
De todo, não; porquanto, há males que estão nos decretos da Providência. Amenizam-vos, porém, as dores, dando-vos paciência e resignação. Ficai igualmente sabendo que de vós depende muitas vezes poupar-vos aos males, ou, quando menos, atenuá-los. A inteligência, Deus vo-la outorgou para que dela vos sirvais e é principalmente por meio da vossa inteligência que os Espíritos vos auxiliam, sugerindo-vos idéias propícias ao vosso bem. Mas, não assistem senão os que sabem assistir-se a si mesmos. Esse o sentido destas palavras: Buscai e achareis, batei e se vos abrirá. Sabei ainda que nem sempre é um mal o que vos parece sê-lo. Freqüentemente, do que considerais um mal sairá um bem muito maior. Quase nunca compreendeis isso, porque só atentais no momento presente ou na vossa própria pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita