domingo, 8 de fevereiro de 2015

TEMAS VARIADOS


Sem provas, de quando em quando,
No curso da disciplina,
Ninguém confere o que aprende,
Nem senhoreia o que ensina.
José Nava

Quem trata do que não deve,
Por mais elevado esteja,
Acaba sem pressentir
Fazendo o que não deseja.
Ulisses Bezerra

Desgovernada afeição
– Incêndio arrasando a vida.
Amor que vira paixão
Derrama ódio em seguida.
Rodolfo Teófilo

Saudade – luz doce e fria,
Espinho em forma de flor.
Um retrato da alegria
Emoldurado de dor.
Lívio Barreto

Ignorância e descrença
– Estranha dupla infeliz...
Uma não sabe o que pensa,
Outra não sabe o que diz.
Antônio Sales

Navio no ancoradouro,
Barco firme a descansar...
Mas não foi para esse fim
Que ele nasceu para o mar.
Álvaro Martins

A tentação me buscou,
Chorou, soluçou, tremeu...
Ouvi, concordei, cedi...
Quem geme agora sou eu.
Xavier de Castro

Lição de sabedoria
Que ninguém aplica em vão:
A verdadeira humildade
Não conhece humilhação.
Luiz Sá

Bendito o trabalhador,
Entre espinhos e brejais,
Que responde à praga e ao vento
Plantando e servindo mais!...
Antônio de Castro.

Livro: Sinais de Rumo.
Espíritos Diversos / Chico Xavier.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita