quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O FIO ESQUECIDO - VALÉRIUM.

Fio esquecido, fio pobre.
Encarcerado na parede.
Aparentemente perdido na sombra.
Injuriado, muitas vezes, por insetos itinerantes.
Fio colado e que ninguém vê na estrutura da alvenaria.
Se pudesse falar, talvez dissesse: “nada valho”, “não presto”, “nada sou”.
Entretanto, permanecendo no lugar que lhe é próprio, firme e disciplinado, é o condutor da força elétrica...
Embora não saiba, é o mensageiro da energia que assegura o conforto e o portador da claridade que mantém o serviço.
Ainda que você se reconheça humilde, criatura apagada ou aparentemente sem valor, lembre-se do fio pobre, encarcerado na parede.
Permaneça em seu lugar, ajudando e servindo, de pensamento ligado constantemente à usina do Eterno Bem e mesmo que você não veja, não ouça, não conheça e não sinta alegria e a segurança que espalha. Deus sabe a importância da sua tarefa de amor e luz.
Livro: Ideal Espírita.
Espíritos Diversos / Chico Xavier e Waldo Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita