domingo, 9 de abril de 2017

Passe e Técnica – Roque Jacintho.


Ministrado independente de qualquer faculdade ou dom especial no homem, o passe enriquece-se quando o passista venha a conhecer-lhe o mecanismo.
Há recursos que por vezes ignora.
Repulsão - O enfermo, não raro, repele as providências somadas a seu favor e reverbera os fluidos que o envolvem, anulando o tratamento que se lhe ministra. Recusa o remédio que lhe é necessário.
Vencendo a repulsão - Se o enfermo rebelde se submete a tratamento apenas para satisfazer amizades, ou em deferência a alguém a quem se liga, após os primeiros socorros formais e de resultados negativos, será induzido, pelo passista, a estreitas relações fraternas com ele. A conversação sadia faz-se um imperativo, tornando-se tão agradável quanto possível e sendo conduzida com tato psicológico pelo assistente, procurando-lhe os pontos de penetração ou vulnerabilidade. Identificado o caminho de acesso ao mundo íntimo do paciente, através dele o passista procura estabelecer afinização para, pouco a pouco, ofertar-lhe o tratamento preciso.
Confiança - A união pela simpatia ou pelo respeito do paciente ao passista é veículo extraordinário e dinâmico para a canalização de fluidos salutares, tornando-se indispensável via de acesso de que o passista se utilizará nobremente.
Magnetismo -Toda doença é, no fundo, uma perturbação magnética das células orgânicas e perispirituais, cujo reequilíbrio se alcança hipnotizando os componentes do órgão enfermo e dirigindo-os à rearmonização natural. Vontade - A vontade, embora incipiente, é a manipuladora e orientadora dos fluidos, edificando ou destruindo, à proporção que se externa.
Sexo - A vibração oriunda da organização genital é fonte de energia criadora que a Providência Divina confia à nossa vontade, permitindo-nos recriar a vida onde a mesma esteja em princípio de fenecimento.
A medida que esses conhecimentos, e outros mais, passam a ser de domínio do passista, novos horizontes se abrem à sua frente, permitindo-lhe movimentar mais e melhor os recursos da prece e os do seu próprio magnetismo, favorecendo enfermos vários que se beneficiam com essa terapia do Espiritismo-cristão.
Livro: Passe e Passista.
Roque Jacintho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita