quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Natal – Emmanuel

Junto a Manjedoura, as legiões angélicas anunciam o Grande Renovador, mas sem apresentar qualquer ação de reajuste violento.
Nem castigo ao rico avarento;
Nem punição ao pobre desesperado;
Nem desprezo aos fracos;
Nem condenação aos pecadores;
Nem hostilidade para com o fariseu orgulhoso;
Nem maldição ao gentio inconsciente.
A justiça do “olho por olho” encontra, enfim, o Amor disposto à sublime renúncia até a cruz.
A partir desse momento, a Terra se renovaria.
O inimigo se tornaria irmão transviado.
O criminoso passaria à condição de doente.
Em Roma, se extinguiria a matança nos circos.
Em Sidon, os escravos deixariam de ter os olhos vazados pela crueldade dos senhores.
Jesus trazia a mensagem da real fraternidade. Revelando-a, transitou, vitorioso, do berço de palha ao madeiro sanguinolento.
Ele veio até nós para que nos amemos.
Comecemos a viver realmente com Jesus sob os esplendores de um novo dia.
Diversos Espíritos / Chico Xavier.
Livro: Antologia Mediúnica do Natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita