sexta-feira, 14 de março de 2014

Teu Plantio - Ayrtes

Tua casa é o teu reino, de modo que podes plantar nele as mais elevadas sementes da vida; ele é uma lavoura que deve ser cuidada com todo o carinho, a manifestar-se pelos processos de teus sentimentos. A tua casa é de grande interesse para a humanidade; ela e os que nela habitam fazem parte da corrente universal, não podendo faltar no concerto de paz de todas as criaturas divinas.
Uma família é um fenômeno da natureza, onde percebemos as mãos do Senhor em todas as freqüências da vida. Analisando o amor de duas criaturas, o nascimento dos filhos, as naturezas desiguais, e o desenlace quando chega o momento, a razão nos diz que são acontecimentos profundos, capazes de nos levar às meditações mais sérias e nos fazer crer na Inteligência Suprema e em inúmeras outras, comandadas pela primeira, que nos ajudam a compreender e sentir o amor pela fonte suprema e por todas as coisas.
Deus é o eterno semeador que cultiva em todas as dimensões, para nos ensinar pelo exemplo, o que devemos saber, na área física, tanto quanto na área espiritual. Nós estamos na era da educação: a disciplina não deve ficar esquecida nos acontecimentos humanos, O que vem estragando o bem-estar de todas as nações do mundo é o orgulho e o egoísmo, que se desdobram nas suas inferioridades, atingindo os sentimentos e petrificando todos os ideais de amor e caridade.
Como nos livrar destas duas feras, que há milênios dominam os destinos dos homens? Existe um recurso: o Evangelho de Jesus. Quando ele passa a viver e conviver conosco, compreendemos a maneira pela qual devemos plantar a vida, na pureza indispensável à felicidade de todos.
A palavra de nosso maior interesse nesta página é Cordialidade. Somos carentes desta virtude dentro da própria casa onde, por vezes, estagiamos. Por displicência, nos esquecemos da afetuosidade de uns para com os outros, de modo a vivermos juntos e, se nos encontramos separados, é por nos faltar a devida compreensão no clima de entendimento. Se não tens amizade dentro do próprio lar, como podes desenvolver a afeição sincera para com os outros parentes, amigos e companheiros de trabalho? Pára um pouco para pensar!...
Sem parar de agir. deves compreender o motivo por que vieste à Terra; por instantes, usando da oração sem o ar contemplativo, entenderás estes motivos. E não percas tempo no próprio tempo já perdido; renova tuas forças em todos os instantes e trabalha com entusiasmo de servir melhor, que Deus nunca desampara o bom servidor.
Se tua família se interessar pela cordialidade, e não ficar somente no interesse, mas se esforçar para ter essa conquista de amor dentro de casa, a tua vida começará a mudar para melhor e a paz e a alegria serão geradoras da felicidade. Os problemas, as dores, os infortúnios que envolvem a sociedade humana e a fazem sofrer, nasceram nas mentes que se esqueceram da educação, nasceram nos lares que dispensaram a disciplina, enfim, na sociedade que, quando se lembra de Jesus, é somente na teoria. Eis porque devemos falar e tornar a dizer que nós somos maus obreiros e piores semeadores, esquecendo-nos de que somente colhemos o que plantamos.
Livro: Tua Casa.
Ayrtes / João Nunes Maia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita