terça-feira, 26 de maio de 2015

PROBLEMAS NO MATRIMÔNIO - Joanna de Ângelis.

O matrimônio constitui abençoada oportunidade redentora a dois.
As responsabilidades exigem de cada nubente elevada contribuição para o êxito da união.
Constrói-se o lar no culto dos deveres morais, que enobrecem os cônjuges e equilibram a prole.
A ausência de preparação prévia quase sempre ocasiona desastre de efeitos lamentáveis.
O amor é de origem divina. Quanto mais se doa, mais se multiplica sem jamais exaurir-se.
Partidários da libertinagem, porém, empenham-se em insensata cruzada para torná-lo livre.
Pensam convertê-lo apenas em instinto primitivo.
Liberdade para amar, sem dúvida; mas, também, disciplina para o sexo.
Amor é emoção; sexo, sensação.
É compreensível que até nas uniões ajustadas surjam discórdias, porém, o amor as suplanta.
O matrimônio é uma sociedade de ajuda mútua, cujos bens são os filhos – Espíritos com os quais nos ligamos pelos processos da evolução.
Reflete antes de casar, reflete muito mais antes de debandar, após assumido o compromisso.
Joanna de Ângelis / Divaldo Franco
Livro: Celeiro de Bençãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita