sábado, 9 de novembro de 2013

Paz sem limites.

Construa uma paz sem limites.
Pôr limites à paz é dar brecha para a intranqüilidade entrar no coração.
Pense ser a paz profunda, inquebrantável, e isso lhe será de grande valia.
Não é bom ir só até certo ponto, como quem diz: “se me tratam bem, tudo bem; mas, se pisam no meu pé, viro bicho”. É pôr um limite à paz considerar que se tem o “pé bichado”.
Não se sinta ofendido, e a paz será mantida. Com ela, vem a alegria, a saúde, a esperança, o progresso.
A sua paz livra você dos perigos da vida.
Livro: Sabedoria todo dia – 202
Lourival Lopes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita