sábado, 5 de abril de 2014

AMOR AO LUAR - Perséfone Diana


Desfolha a minha boca cor de rosa,
meus lábios são pétalas de amor
beija docemente,
delicadamente com desejo.
Guiada pela jornada inacabada
iniciando no entendimento de quatro lábios.
Beija-me mais uma vez!
Contempla o brilho dos meus olhos
presos nesse encantamento liberta-me quando acabar.
Quando sacio na sua boca doces beijos
eu canto em cifras dentro dela,
uma música dos apaixonados...


Olhando a lua me banhei
ao luar e no sereno.
Deitada na areia
recebi o seu corpo...
Aquecia-me por inteira.
Recebi os seus abraços fortes,
Com mãos e braços 
que passeavam em meu corpo
como quem desliza o sabonete 
fazendo espumas na pele com saliva.
Deitado sobre mim, foi a minha celebração.
Abrir-me em flor foi o eclodir
de um botão a uma rosa vermelha.

Sussurrei palavras profanas no seu ouvido
acendeu-se em chamas...
Sorvi a sua pele e o seu úmido,
de orvalho e de homem.
Sussurrei seu nome enquanto amava...
A lua era nossa testemunha 
nessa linda noite de total entrega.
Houve a celebração do nosso íntimo...
Adentrando todas as esferas,
Desvendando minuciosamente
cada detalhe dos nossos corpos.
Quando tudo era explosão de desejo.
Vimos o mais íntimo de nós...
Adentramos e nos descobrimos.
Em nossos mais íntimos segredos...


Possessa de sua inteireza 
Com o doce beijo de sua boca.
Trazia gosto de fruto silvestre,
seu cheiro era algo sensual.
Misturados na areia nossos corpos rolavam...
Minhas entranhas tocadas,
celebravam esse amor dos deuses.
Quando a lua nos olhava feliz
festejando junto mais uma união
Nos banhamos no suor
os corpos cansados...

E se fez luz com o clarão que nos cedeu...
Clareou os nossos corpos...
Nesse tão íntimo desejo...
Fez-me para si, completa...
Quando me amou e tocou-me
desalinhando o meu cabelo
beijou-me a boca até aos pés...
E toda eu inteira, 
enquanto...
Decifrei e te amei...
Na minha melodia te cantei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita