sábado, 5 de abril de 2014

COMO EU TE AMO – Fidel Nogueira.


Era noite e as estrelas nos céus
Bordavam aquele lindo véu
Meus olhos se deleitavam em teu mel
Enquanto as águas jorravam na cascata
De tuas lágrimas exclamava sensata
Entre susurros de tua voz em doçura
Sentia em meu ser imensa ternura
Emoção sublime de essência pura
Caminhávamos por entre as flores
A lua nos dizia teus versos de amores
Nossas mãos entrelaçadas louvavam
Aos céus nossos corações se entregavam
Almas do senhor que ali se reencontravam
Inesquecível instante de nossa história
Por tudo que passamos isso era vitória
Então, você por um instante parou
Mais profundamente me olhou
Com imensa brandura me falou
Que jamais se esqueceria de mim
Eu seria seu amor sem fim
Aquele era nosso precioso jardim
Ficaria em nós por toda eternidade
Mesmo que o tempo trouxesse adversidade
O nosso amor sustentaria-nos em verdade
As lágrimas desciam pelo minha face
Estava eu exposto a ti sem disfarce
Deixei que elas por mim falassem
Teu abraço jamais esquecerei
Aquele beijo em que os céus visitei
Por todo o tempo sempre te amarei
Vivo-te em mim com tamanha alegria
Essa fonte eterna de minha poesia
Ao meu lado me ensinando a viver
Despertando o melhor em meu ser
Flor companheira, como eu amo você.

http://www.fidelnogueira.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita