sexta-feira, 24 de abril de 2015

Avatares – Altivo Ferreira.



Não sou de agora, vim de priscas eras,
Elaborando a minha evolução!
Venho desde os princípios das moneras,
Buscando a luz de minha redenção!

Minhalma os anos não consumirão,
E a eternidade para sempre me espera!
Venho das larvas, do covil da fera,
Volvendo para a luz da perfeição!

Outras vidas vivi em outros mundos,
Além, na imensidão dos céus profundos,
Que nos causam pavor e dão vertigens!

Sou o produto dos esforços meus,
Venho da essência mater das origens,
Na escalada infinita para Deus!

Livro: Antologia de Poetas Espíritas.
Clovis Ramos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita