sábado, 14 de dezembro de 2013

Jesus sabe

(O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec, Cap. XII – Item 7).
Disseste “não ajudo, porque esse homem é pervertido” e de outra feita, afirmaste “não auxilio, que essa mulher errou por querer”...
Não te lembraste, porém, que Jesus, antes, lhes viu a falta e nem por isso lhes cortou o ensejo à necessária reparação.
Não percas tempo em procurar o mal, emprega atenção em socorrer-lhe as vítimas.
Diante desse ou daquele acontecimento amargo, sempre mais do que nós, Jesus sabe...
Conhece o Divino Amigo onde se esconde o verme do vício, como também onde se oculta a farpa da crueldade.
Em razão disso, não te buscaria para relacionar as úlceras alheias nem para conferir os espinhos da estrada.
Se alguém prefere mergulhar na sombra, dize contigo:
– “Jesus sabe.”
Se alguém te não escuta a palavra de amor, nota em silêncio:
– “Jesus sabe.”
Se alguém surge enganado aos teus olhos, pensa convicto:
– “Jesus sabe.”
Se alguém foge de cumprir o dever, observa de novo:
– “Jesus sabe.”
Faze o bem que puderes e, entregando a justiça à harmonia da lei, entenderás, por fim, que Jesus nos chamou para fazer luzir a estrela da caridade onde a vida padeça o insulto da escuridão.
Meimei
Livro: O Espírito da Vida Verdade.
Chico Xavier e Waldo Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita