terça-feira, 17 de março de 2015

O Minuto (II) - André Luiz.


A conduta indica a orientação espiritual da criatura.
Surge o ideal realizado, segundo o esforço de cada um.
Amplia-se o ensino, conforme a aplicação do estudante.
Eternidade não significa inércia, mas dinamismo incessante.
O caminho é infinito. Mas quem estabelece a rota da viagem é o viajor.
Continua, pois, em marcha perseverante, gastando sensatamente o tesouro dos dias.
Em sessenta segundos, a lágrima pode transformar-se em sorriso e a revolta em resignação. Nesse tempo, também, liberta-se o espírito do corpo humano e a flor desabrocha.
Analisa o que fazes de tão valiosa partícula de tempo. Nela, o coração escolhe roteiro para o caminho. E quem espera a felicidade se esmera em construí-la.
Dominar o relógio é coordenar os sucessos da vida.
E quem realmente aproveita o minuto constrói caminho reto para alcançar a vitória na Divina Imortalidade.
André Luiz / Waldo Vieira
Livro: Estude e Viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração

Oração

Nossa Receita